Quarta-feira, 29 de Julho de 2009
Finalmente foi descoberto...

Sim, finalmente foi descoberto!

Hurra, Viva, Parabéns e outras expressões de regozijo como YESSSS!

 

Finalmente foi descoberto o indivíduo que mais processos originou em todas as polícias desta mexilhoeira que é o nosso belo País à beira-mar plantado (se calhar é por isso que existem tantos mexilhões, por (me)termos tanta água).

 

Mas nem só as polícias foram envolvidas. Também ministérios, governos, empresas, procuradores-gerais e provedores globais foram afectados por esse ignominioso indivíduo que utilizou vários métodos para delatar tudo o que era suspeitoso, ou não, neste país.

 

Sim, porque tantas vezes foram aqueleas onde havia fumo e fogo, como aquelas em que nem fumo nem fogo.

 

Sabem-se poucas coisas sobre este facínora: é solteiro, ou pelo menos é solitário. Tanto pode ser alto, como baixo. É gordo, ou vice-versa. O cabelo, se não for calvo, pode ser abundante ou ralo. Os olhos são o mais fácil de identificar. são 2 e ficam situados na cara, separados pelo nariz e logo abaixo das sobrancelhas. Usa essencialmente duas técnicas diferentes para desmascarar os criminosos facínoras bandalhos malvados (repararam que não coloquei vírgulas entre os adjectivos? foi mesmo de propósito): ou a carta, escrita em papel, enviada pelos correios e geralmente sem remetente ou o telefonema, com a voz disfarçada por um lencinho de linho bordado e invariavelmente de curta duração, não vá alguém rastreaer a origem da chamada.

 

Todas as forças de segurança o conhecem. Suspeita-se que as empresas de segurança privadas também tenham contactos frequentes com ele.

 

E este foi um segredo tão bem guardado que só agora se descobriu o nome do maior precursor de diligências, pesquisas, investigações que geralmente terminam em grandes processos mediáticos, empresariais, cíveis, criminais e judiciais.

 

Aposto que todos estão desesperadamente ansioso por conhecer o nome de quem tanto sobre tudo sabe.

 

Não os farei esperar mais!

 

Aqui vai, então. Depois não digam que não vos avisei.

 

O nome de tão excelsa personagem: ANÓNIMO CONFIDENTE INCÓGNITO

 

Nunca se viu tanto trabalho produzido pelos agentes fiscalizadores como quando o Anónimo (desculpem-me tratá-lo pelo primeiro nome, embora não tenha andado com ele na escola, acho eu) manda uma carta ou faz um telefonema.

 

Se um qualquer mexilhão, perdão, cidadão bem identificado faz uma denúncia ou uma queixa, acaba ele próprio invariavelmente prejudicado, quanto mais não seja porque está logo ali à mão para se tornar bode expiatório.

 

Mas quando é o Anónimo.... Alto lá! Põe-se logo todos de anteninhas no ar porque esse sim, é fiável e alguma cabeça acabará por rolar (credo, até pareço a Maria Antonieta).

Se a carta não vem assinada, logo todos adivinham: lá vem trólitada, e da grossa, porque a carta é do Anónimo!

 

E esse é como as moscas: onde há trampa, está o Anónimo, logo pronto a remexer a caca com uma carta, fazer levantar o mau-cheiro e cair fora de mansinho para que não se descubra a sua secreta identidade.

Depois, nas profundas de qualquer sub-cave, escura e mal-iluminada, com cheiro a bafio e ratos do tamanho de autênticos ratos a passarem-lhe pelas pernas, soltará a sua maquiavélica e tenebrosa gargalhada MUAHAHAH MUAHAHAHAHAH, mas baixinho, não vá alguém ouvir.

 

Não vos maço mais!

Mas pensem nisto: Um país que anda para a frente na base do boato, do diz-que-disse, do eu sei mas não digo quem foi nunca passará da mediocridade porque o Anónimo não tem outras armas que não essas: o denegrir, o difamar, para poder subir utilizando os cadáveres das suas vítimas, pessoas honestas (estúpidas, que confiam nas pessoas) e desprevenidas, que acabam por ter os seus potenciais anulados em favor de quem não sabe, mas inventa. E bem!

De tal modo que acabam por ocupar os lugares de decisão mas sem competências para os manterem, entretendo-se assim a aumentar o caudal de vítimas incautas que poderiam demonstrar a incompetência dos ANÓNIMOS que pululam por esse país. E que no fim são recompensados!

Como eu gostaria também de ser ANÓNIMO....



publicado por amexilhoeira às 21:29
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Circo Portugalis

NÃO É JUSTO ! ! !

O Portugal dos Mesquinhos

Já cá faltava esta

Finalmente foi descoberto...

Acautele-se, Senhor Basto...

Sr. Ministro Vieira da Si...

O VOTO É A ARMA DO POVO

Feliz Natal e Próspero An...

Acordo Ortográfico

arquivos

Maio 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Abril 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Julho 2007

Outubro 2006

Setembro 2006

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds